Black Friday x Cyber Monday: qual a diferença?

A Black Friday e a Cyber Monday são duas datas muito importantes para o comércio estadunidense. Isso porque, elas marcam o início da temporada de compras de final de ano.

Ambas acontecem logo após o ferido de Ação de Graças, o qual ocorre sempre na quarta quinta-feira do mês de novembro. Nesse caso, a “sexta-feira negra” acontece um dia depois do feriado e a “segunda-feira cibernética” quatro dias após essa data.

No entanto, apesar das similaridades, Black Friday e Cyber Monday possuem diferenças que vão além da data. Veja a seguir cada uma delas e entenda um pouco mais da história desses dois grandes dias para a economia americana.

Black Friday vs. Cyber Monday

A principal diferença entre essas duas datas é o propósito de criação das mesmas. Enquanto a Black Friday foi criada para alavancar as vendas das lojas físicas, a Cyber Monday surge como uma alternativa de crescimento para os varejistas online.

Tanto o Black Friday como o Cyber Monday acontecem após o feriado de Ação de Graça

Inicialmente, o termo “sexta-feira negra” era utilizado pelos policiais da Filadélfia para nomear o tráfego caótico causado pela presença das pessoas um dia antes do jogo de futebol entre Marinha e Exército. Partida essa que sempre era realizada uma vez por ano, no sábado após o Dia de Ação de Graças.

No entanto, na década de 1980 o termo ganhou um novo significado, tornando-se uma data destinada para vendas. Os varejistas começaram a utilizar Black Friday para indicar que com essa data, logo após o feriado, eles saíam do vermelho e seus números de venda iam para o “preto”.

Já a Cyber Monday é bem mais recente, criada apenas em 2005. Nesse ano, a internet ainda não era tão popular como nos dias atuais, mesmo assim já existiam lojas online.

Então, para competir com o dia de descontos das lojas físicas, os varejistas da internet criaram a “segunda-feira cibernética”. A escolha do dia foi feita levando em consideração a preferência dos consumidores, que achavam melhor fazer suas compras enquanto trabalhavam, usando o computador e a internet dos seus escritórios.

Portanto, como diz o site C|net, a Back Friday nasceu de uma necessidade do varejo, enquanto a Cyber Monday surgiu como resposta das lojas online. Atualmente, não há mais essa distinção, uma vez que todos os departamentos aproveitam os dois dias para vender suas mercadorias com descontos.

Mas afinal, qual o melhor dia para comprar?

A resposta para essa pergunta não é tão simplista quanto parece ser, pois a preferência do dia vai depender de diversas variáveis. A primeira delas é sobre qual produto o cliente deseja levar para casa com um menor preço.

Isso porque, dependendo da data, alguns produtos ficam mais baratos que outros. Por exemplo, segundo uma pesquisa feita pela Adobe, a Black Friday será o melhor dia para obter descontos em eletrodomésticos e artigos esportivos. Já quem quer aproveitar os descontos para comprar Tv’s, deve esperar pela Cyber Monday.

No domingo após o Dia de Ação de Graças, apesar de não ter um nome específico, algumas lojas mantém promoções interessantes para o público consumidor. Ainda levando em consideração as informações da Adobe, esse dia é perfeito para comprar brinquedos e computadores.

Mas, além dos preços, o comprador deve levar em consideração um fator muito importante da atualidade: a comodidade. Comprar online é sempre mais cômodo, principalmente sabendo-se da agitação nas lojas físicas norte-americanas na “sexta-feira negra”.

Os estadunidenses levam tão a sério a data de descontos pós-feriado que muitos deles acampam na frente das principais lojas. Assim, eles conseguem entrar primeiro e garantir os melhores descontos.

Caso você não tenha paciência para esperar filas (sim, no plural, pois é fila para entrar na loja, para conseguir o produto e mais uma para pagar), a melhor alternativa é optar pelas promoções da segunda-feira.

Inclusive, a preferência pela compra online tem sido uma tendência nos últimos anos, principalmente pelo maior número de pessoas com acesso à internet.

Para se ter uma ideia, em 2018, as vendas da Cyber Monday atingiram US$ 7,9 bilhões nos EUA. Esse número supera a Black Friday do mesmo ano, a qual chegou a US$ 6,2 bilhões.

Dicas para comprar na Black Friday ou Cyber Monday

Independentemente do dia escolhido para fazer as compras, é preciso estar atento a alguns detalhes que vão lhe poupar tempo e dinheiro. Acompanhe!

  • Verifique os preços antes das promoções: antes de achar que está tudo mais barato e encher o carrinho de compras, é aconselhável acompanhar os preços antigos desses produtos e assim saber se está fazendo um bom negócio. E se não deu tempo olhar antes da promoção, use o serviço da camelcamelcamel. Trata-se de um rastreador gratuito sobre os preços da Amazon
  • Fique atento aos anúncios vazados das lojas: algumas lojas disponibilizam suas promoções antes mesmo da Black Friday ou Cyber Monday. Por essa razão, acompanhe os sites desses departamentos ou até mesmo suas redes sociais e fique por dentro de tudo
  • Dê preferência a lojas menores: caso prefira ir às compras na “sexta-feira negra”, o melhor conselho é preferir as lojas menos visadas. Isso porque, o público consumidor é menor, mas as promoções continuam as mesmas.

Leave a Reply