Black Friday: o que é e vale a pena comprar nos EUA nesta data?

As viagens para os EUA são ainda mais empolgantes no período próximo da tão famosa Black Friday (sexta-feira negra). Isso porque, essa é uma oportunidade de ouro para quem gosta de comprar e ainda assim economizar um bom dinheiro.

Trata-se de um dia repleto de promoções que acontece na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving). Para quem não sabe, esse feriado é uma data muito importante no calendário americano e acontece sempre na quarta quinta-feira do mês de novembro.

Apesar de não ser uma época muito favorável para o turismo em si, a semana que ocorre o Black Friday é perfeita para fazer compras. Além da sexta-feira, as lojas também aproveitam para fazer promoções em pequena escala, tanto antes como depois do grande dia de ofertas.

Black Friday nos EUA: vale a pena comprar?

Ao contrário do que muitos pensam, a Black Friday dos EUA é bem diferente daquela que acontece no Brasil. Os preços caem muito nesse dia de oferta e as promoções fazem valer a pena todo o esforço nessa data.

A Black Friday nos EUA ocorre na sexta-feira após o feriado de Ação de Graças (Foto: pixabay)

Não se engane, a sexta-feira de preços baixos movimenta muito o comércio norte-americano. Segundo a Agência EFE, o mesmo período em 2018 superou os prognósticos e as vendas somaram US$ 6,2 bilhões.

Com esse número dá para se ter uma noção do quanto os americanos e até mesmo os turistas aguardam por essa data. Alguns deles até acampam na frente das lojas para conseguir os melhores descontos de produtos.

Mas, como o sucesso da Black Friday nos EUA é grande, alguns departamentos começam a liberar suas ofertas antes mesmo do dia previsto. Assim os consumidores têm mais tempo para pensar e escolher quais artigos vão dar preferência.

Além disso, algumas empresas se dedicam para fazer previsões sobre as compras nesse período, como por exemplo a Adobe. Para ela, a “sexta-feira negra” será o dia para obter os melhores descontos em eletrodomésticos e artigos esportivos.

3 dicas para comprar na Black Friday

Se você vai participar pela primeira vez da Black Friday americana, é importante estar atento a algumas questões. E esses pontos envolvem tanto o antes, como também o durante e o após as compras. Confira três dicas essenciais!

1. Fique de olho nas previsões e planeje suas compras

Como já mencionamos, algumas lojas divulgam suas promoções antes mesmo da sexta-feira. Isso serve para que os clientes percebam o que vai estar na promoção e se vale a pena comprar naquele departamento.

Sendo assim, dê uma olhada nos sites das principais lojas como Walmart, Target, Best Buy etc. Depois, compare os preços desses locais e veja o que você pode comprar economizando um bom dinheiro.

Com a listinha de compras em mãos e sabendo perfeitamente onde comprar, trace um percurso das lojas que você vai visitar. Ah, e mais um toque: prefira sempre as lojas que não são tão visadas, as filas são menores e as ofertas são bem semelhantes.

2. Compre somente o que estiver na sua lista

Os americanos levam muito a sério a sexta-feira de promoções, tanto é que acaba sendo bastante comum ver pessoas acampadas na frente das lojas para conseguir os melhores preços.

Portanto, quando o comércio abre as portas, há literalmente filas quilométricas e muita aglomeração. As vezes, existe até contingente policial para controlar qualquer confusão que possa surgir.

As lojas americanas ficam tumultuadas com a Black Friday (Foto: Reprodução CNN)

Desta forma, você precisa ter foco e determinação para entrar na loja, pegar o que você deseja e ir para o caixa realizar sua compra. Não se perca olhando as ofertas disponíveis, pois a probabilidade do produto da sua lista acabar é grande.

Uma boa dica para conseguir comprar o que quer e ainda assim dar uma olhada nas outras promoções da lojas é ir em grupo. Enquanto um vai atrás do produto principal, os demais podem aproveitar para avaliar se há mais alguma coisa que mereça ir para o carrinho.

3. Cuidado com a alfândega brasileira

Verdade seja dita, comprar é sempre muito bom! Mas, é preciso colocar o pé no freio para que no final as compras não saiam mais caras do que se havia imaginado.

Esse cuidado se deve pelas regras da alfândega brasileira. Para quem não sabe, há uma taxa limite para compras fora do país e ela é de US$ 500. Se você voltar para o Brasil com produtos que passem dessa cota, eles serão taxados e você terá que pagar um imposto sobre eles.

No entanto, não são todos que entram nessa cota. Itens de higiene ou produtos de uso pessoal (celulares, câmera, relógio de pulso), por exemplo, não são contados dentro dos US$ 500, mas eles devem ser únicos e precisam estar fora das caixas.

Aproveitando as compras nos Estados Unidos

O Black Friday nos Estados Unidos abre a temporada de compras de final de ano para os americanos. Além da sexta-feira, muitas lojas também disponibilizam descontos e promoções no sábado e no domingo.

Já na segunda-feira, após o grande dia de compras, há o Cyber Monday. Trata-se de uma nova data de preços baixos e grandes ofertas. Portanto, se você desejar, pode passar esses quatro dias aproveitando os melhores descontos dos Estados Unidos.

Regras da alfândega brasileira: como comprar nos EUA e trazer para o Brasil?

Vai viajar para os Estados Unidos e aproveitar para fazer umas comprinhas? Então, é melhor ficar atento às regras da alfândega brasileira, sabendo o que é ou não permitido trazer para o país na viagem de volta.

Para entender melhor, é importante frisar que aduana, como também é chamada, é um departamento da Receita Federal. Ela é responsável por fiscalizar toda mercadoria que sai e entra no Brasil.

Também é função desse setor cobrar tributos sobre os produtos que são trazidos de fora do país. Nesse sentido, é preciso entender como funciona todas as regras da alfândega antes de embarcar rumo aos EUA.

Pensando em ajudar você que quer viajar tranquilo, separamos cinco das maiores dúvidas sobre o tema. Por exemplo: onde está localizada a aduana? Como funciona o processo no desembarque? O que pode trazer do exterior? Quais são os valores e taxas envolvidas? Acompanhe as respostas!

As alfândegas brasileiras estão nos aeroportos internacionais do país (Foto: pixabay)

Regras da alfândega

Todo passageiro que chega ao Brasil deve desembarcar e passar pelo controle da alfândega. No entanto, muitas pessoas não sabem onde a aduana está localizada, por isso é bom lembrar que todo aeroporto com voos internacionais possui uma unidade da Receita Federal.

Como funciona o processo na aduana?

A alfândega é bem simples, pois há apenas dois caminhos a seguir: fila verde ou fila vermelha. Para saber qual seguir, é preciso ver o que há dentro das bagagens.

Os passageiros devem escolher qual fila seguir de acordo com as regaras da alfândega (Foto: Site da Receita Federal)

Por exemplo, devem ir para a primeira opção os passageiros que estão transportando bens isentos e/ou de consumo e uso pessoal, outros produtos dentro do limite da cota de isenção e valores em espécie de até R$ 10 mil (em qualquer moeda).

Já a fila vermelha é destinada para quem tem bens a declarar, quando o valor das mercadorias ultrapassa a cota. Também devem seguir nesse caminho quem teve sua bagagem extraviada, porta mais de R$ 10 mil ou possui produtos que precisam passar por um controle da Vigilância Sanitária ou de outros órgãos.

Qual o valor máximo para passar na alfândega?

Segundo o próprio site da Receita Federal, a cota de isenção é de US$ 500 por via área ou marítima, e US$ 300 por via terrestre, fluvial ou lacustre. Ela também é individual e intransferível, portanto não pode ser somada, nem mesmo entre familiares.

Mas você pode estar se perguntando: “como posso comprar um celular nos EUA e mesmo assim não ser taxado?” Simples! Existem alguns produtos considerados bens de uso ou consumo pessoal e que por isso não entram nessa cota, como o celular.

No entanto, é preciso trazê-lo fora da caixa e já utilizado. Além disso, se você levar o seu aparelho antigo e adquirir um novo na viagem, no desembarque você irá ser taxado pela compra.

Nesse caso, a interpretação é que uma pessoa não necessita de dois aparelhos, por isso um deles deixa de ser um bem de uso ou consumo pessoal.

Além do celular, um relógio de pulso e uma máquina fotográfica (ainda que possua a função “filmadora”) são considerados bens de caráter pessoal. Apesar disso, precisam estar todos fora das caixas e usados.

Artigos de higiene e vestuário também podem entrar na cota de isenção, mas desde que sua natureza e quantidade sejam compatíveis com as circunstâncias da viagem.

Outras mercadorias possuem limites quantitativos para serem enquadradas na isenção, como:

  • Bebidas alcoólicas: 12 litros no total
  • Cigarros de fabricação estrangeira: 10 maços no total (contendo 20 unidades em cada)
  • Charutos ou cigarrilhas: 25 unidades
  • Fumo: 250 gramas.
É possível comprar até 10 maços de cigarros dentro da cota de isenção (Foto: pixabay)

O que é Duty Free / Free Shop?

Esses termos nomeiam as compras feitas no primeiro aeroporto de desembarque no Brasil. Essa seria uma cota adicional, somando US$ 500 à cota de isenção. Com isso, cada passeiro tem o limite de US$ 1.000.

O que posso trazer do exterior?

Nem tudo o que se vende nos Estados Unidos pode entrar no Brasil e algumas dessas mercadorias podem render multa e/ou prisão ao passageiro. Confira a lista dos itens proibidos pelas autoridades brasileiras:

  • Cigarros e bebidas fabricados no Brasil, destinados à venda exclusivamente no exterior
  • Cigarros de marca que não seja comercializada no país de origem
  • Réplicas de arma de fogo
  • Produtos contendo organismos geneticamente modificados
  • Agrotóxicos, seus componentes e afins
  • Mercadoria atentatória à moral, aos bons costumes, à saúde ou à ordem pública
  • Quaisquer substâncias entorpecentes ou drogas.

Além desses listados pela Receita Federal, há ainda os produtos piratas que devem ser evitados. Para isso, exija sempre a nota fiscal dos produtos comprados no exterior.

Também há itens restritos, que podem ser trazidos para o Brasil, mas que precisam de uma autorização do órgão nacional competente. Por exemplo, animais só sob autorização do IBAMA. Já as armas de fogo devem ser submetidas à aprovação do Exército Brasileiro.

Nesse link da Receita você encontra todos os produtos que não podem entrar no Brasil e todos os que podem, mas precisam de autorização.

Qual a taxa para produtos importados?

Se suas compras custaram mais de US$ 500, você terá que pagar uma taxa de 50% aplicada sobre ao que exceder no limite da cota de isenção. Em outras palavras, se você ultrapassar US$ 200, você deve pagar US$ 100 do imposto.

Mas atenção, não adianta ir para a fila verde da alfândega na tentativa de burlar as regras e não pagar a taxa em cima de seus produtos. Isso porque, se você for pego pela Receita Federal, você vai acabar desembolsando ainda mais dinheiro.

Além do imposto, há ainda uma multa pela falsa declaração. O valor correspondente também é de 50% do excedente de isenção. Pegando o mesmo exemplo a cima, você deveria pagar US$ 100 do imposto sobre o produto e mais US$ 100 de penalidade.

Portanto, se você deseja economizar de verdade é preciso ficar atento aos produtos que valem a pena comprar nos EUA e às regas da alfândega. Seguindo todos os passos corretos, você evita multas e complicações na viagem.

Onde comprar vitaminas e suplementos nos EUA?

Uma das maneiras de aproveitar os preços baixos nos EUA é saber onde comprar vitaminas e suplementos no país. Assim, você economiza um bom dinheiro.

Esses são alguns dos produtos que valem a pena comprar nas lojas estadunidenses, pois a diferença entre os preços brasileiros e norte-americanos pode chegar até R$ 300 em um simples Whey.

Por isso, seja em departamentos físicos ou lojas online, as vitaminas e suplementos nos EUA surpreendem no preço e na alta qualidade. Para saber onde comprar, basta fazer uma rápida pesquisa na internet.

Mas, pensando em facilitar sua busca, o Compre Aqui separou as 10 melhoras lojas para se comprar tais produtos. Na lista há desde lojas especializadas, passando por farmácias e até mesmo outlets. Confira!

Lojas para comprar vitaminas e suplementos nos EUA

GNC

Além de ser uma marca de suplementos, a GNC é também uma das grandes lojas estadunidenses que comercializa esse tipo de produto. Escolhê-la entre as demais é uma tarefa fácil, pois ela oferece diversos benefícios aos clientes.

Uma das lojas mais famosas de suplementos nos Estados Unidos (Foto: Reprodução Facebook)

Por exemplo, se você não está satisfeito com os itens adquiridos, pode entrar em contato com a loja que ela reembolsa o valor investido. Sem falar nos descontos e recompensas que os clientes a mais tempo ganham nas novas compras.

E o melhor, você encontra unidades em todo o país. Para se ter uma ideia, só em Nova Iorque são 30 lojas da GNC. Mas, quem compra online também pode aproveitar as promoções e vantagens exclusivas da loja, como os descontos em fretes.

The Vitamin Shoppe

Você pode encontrar unidades espalhadas pela América (Foto: Reprodução Facebook)

A The Vitamin Shoppe está presente em 47 estados da América. Ao todo são mais de 500 lojas espalhadas no país. Em Miami e Orlando, duas cidades da Flórida que recebem muitos turistas, possuem seis e quatro unidades, respectivamente.

Assim como a quantidade de departamentos, a variedade de produtos também é extensa. A loja especializada nesse seguimento vende vitaminas, suplementos, proteínas, ervas, remédios naturais entre outros.

Walgreens

Conhecida como uma das maiores redes de farmácia dos EUA (Foto: Reprodução Facebook)

É claro que nossa lista não poderia deixar de citar uma das maiores redes de farmácia dos Estados Unidos, a Walgreens. Presente em 53 estados e com diversas unidades em Orlando e Nova Iorque, essa drogaria atende a um enorme público consumidor.

Entre os produtos comercializados por ela estão os suplementos básicos, como cálcio, vitamina D, óleo de peixe e vitamina C. Além de produtos para a saúde da mulher e de regime diário.

Walmart

Outlet com grande variedade de vitaminas e suplementos (Foto: Reprodução Facebook)

A Walmart é tão repleta de variedades que ao mesmo tempo em que compõe uma lista de onde comprar eletrônicos nos EUA, ela também integra as lojas para se comprar vitaminas e suplementos.

Esse outlet pode ser encontrado com muita facilidade nas cidades americanas e na internet. E apesar de unir produtos de diversos seguimentos, possui uma ampla variedade de itens para a saúde.

Target

Loja presente em diversos Estados do território estadunidense (Foto: Reprodução Facebook)

Falando sobre outlet, outro que não pode ficar fora dessa lista é a Target. Aqui você encontra vitaminas pré-natais e para crianças. Também pode achar suplementos para a saúde do coração e os tipos energéticos.

Tudo isso com uma alta qualidade e preços baixos, conforme destaca o próprio site. Mas além de compras online, é possível aproveitar os preços baratos das lojas em varejo.

Melhores sites para comprar suplementos baratos

Same Day Supplements

Nesse site você encontra diversas promoções (Foto: Site oficial)

Como o próprio nome já diz, a Same Day Supplements é especializada em suplementos e outros produtos que facilitam o dia a dia nas acadêmias. Mas também é possível encontrar vitaminas e minerais nesse site.

Entre as mais de 200 marcas comercializadas nessa loja estão a própria Same Day Supplments, a Optimum Nutrition e até a GNC. E o melhor, nas compras acima de US $ 99, o frete sai de graça para os Estados Unidos.

iHerb

Todos os dias é possível encontrar ofertas na iHerb (Foto: Site oficial)

No site da iHerb você tem facilidade para encontrar o que deseja. De fácil navegação, a loja online é dividida em categorias como as de suplementos, ervas e esportes.

Produtos da 21st Century, Optimum Nutrition e Now Foods são alguns dos encontrados nesse departamento. E apesar de norte-americano, ele também envia para o Brasil.

Body Building

A empesa possui até um sistema de reembolso ao cliente (Foto: Site oficial)

Outra grande loja online nesse seguimento é a Body Building. Entre os 50 principais produtos dela estão o Pré Jym, Gold Standard Whey Protein Powder, Pro Jym e BCAA Energy Powder.

Assim como a GNC, a Body também retorna seu dinheiro em caso de insatisfação com o produto, independentemente de qual tenha sido o motivo.

Suppz

O sistema de recompensas dessa loja virtual a faz ser uma boa escolha para compras (Foto: Site oficial)

Os suplementos e as vitaminas na Suppz podem ser ainda mais baratos devido ao sistema de recompensa criado pela loja para retribuir a fidelidade do cliente.

Depois de se inscrever no site, você receberá US $ 1 para cada US $ 20 gastos. E o mais legal é que você pode trocar essa recompensa por descontos na próxima compra, novos produtos ou até mesmo dinheiro.

Ipumpshop

A Impumpshop é ideal para a compra de vitaminas e suplementos (Foto: Site oficial)

Por último, uma loja online ideal para comprar vitaminas, suplementos e até mesmo acessórios fitness: a Ipumpshop. Onde também é possível encontrar produtos naturais.

Todos esses produtos são baratos no site, pois podem ser adquiridos com descontos e promoções especiais. Exemplo disso são as ofertas de 10% de desconto, de compre 1 e consiga desconto de 50% no outro ou de comprar 1 e ganhar outro.

Portanto, seja online ou presencial, encontrar onde comprar vitaminas e suplementos nos EUA é uma boa saída para economizar. Isso porque, os produtos são mais baratos, mesmo apresentando uma boa qualidade.

Onde comprar perfume nos EUA?

Via viajar para os Estados Unidos e quer saber onde comprar perfume por lá? Então você está no lugar certo, pois separamos as 10 melhores lojas para adquirir artigo de perfumaria original.

Não é a toa que há uma grande busca por compras desse segmento. Pela internet conseguimos ver a grande diferença entre os preços dos produtos no Brasil e nos EUA.

Um perfume da Dior de 50 ml, por exemplo, custa em média R$ 400 nas lojas brasileiras. Enquanto que nos Estados Unidos, com o mesmo valor, você consegue comprar um da mesma marca de 100 ml.

Por tudo isso, artigos de perfumaria são alguns dos produtos que valem a pena comprar nos EUA. E aqui você descobre as lojas online e físicas onde se compra barato e confiável.

Melhores lojas para comprar perfume nos EUA

Perfumeland Megastore

A primeira dica é a Perfumeland, uma enorme loja localizada em Orlando e especialista em vender perfumes e outros tipos de cosméticos. E o melhor: os donos são brasileiros e os atendentes falam bem o português.

Loja de brasileiros nos Estados Unidos (Foto: Site Perfumeland Megastore)

Nordstrom Rack

Assim como a anterior, a Nordstrom Rack conta com uma variedade de produtos. Além das fragrâncias, ela também possui peças de vestuário, itens para a casa, calçados e até opções para as crianças.

Ao todo, são 245 lojas nos Estados Unidos e só na Flórida são 16. Sendo assim, quem for para Miami ou Orlando, dois destinos muito procurados, vai poder aproveitar dos preços dessa loja.

Essa loja vende perfumes e outros itens de beleza e vestuário (Foto: Site Nordstrom Rack)

Burlington

Na Burlington você encontra perfumes dos famosos, como o da Rihanna, Paris Hilton e Jessica Simpson. Além disso, é comum encontrar kits de perfumaria. Comprando online ainda é possível aproveitar dos descontos oferecidos pela loja.

Nesse departamento é possível encontrar produtos isolados ou em kits (Foto: Site Burlington)

Victoria’s Secret

A famosa marca de lingerie, Victoria’s Secret, também comercializa itens de perfumaria. Apesar da menor oferta de variedade, os itens comercializados incorporam a essência sexy da marca e fazem o maior sucesso nos Estados Unidos.

A marca possui uma linha exclusiva de perfumes (Foto: Site Victoria’s Secret)

FragranceX

Dolce & Gabbana, Calvin Klein, Christian Dior e Burberry são algumas das marcas que podem ser encontradas na FragranceX. Ao contrário das demais já citadas, essa loja é exclusiva para vendas de perfumes.

Os perfumes comprados online podem sair com descontos (Foto: Site FrangranceX)

Duty Free

Perfumes originais e baratos, descontos online e uma vasta opção de itens para encher o carrinho. Tudo isso é possível encontrar em um só lugar, na Duty Free.

Essas lojas costumam ficar localizadas em aeroportos (Foto: Site Duty Free)

Ross Dress for Less

A Ross é uma das lojas mais conhecidas nos Estados Unidos, por isso está na nossa lista. Além de perfumaria, a empresa também comercializa roupas, acessórios e até mesmo itens de decoração para a casa.

Uma das lojas mais queridas pelo público consumidor nos Estados Unidos (Foto: Site Ross)

Macys

Presente nos Estados Unidos, mas com mercadoria que pode ser enviada ao Brasil, a Mancys é mais uma loja de variedades que também comercializa perfumes e fragrâncias.

Essa loja faz envios para o Brasil (Foto: Site Macys)

Target

Já citamos a Target em outro texto do Compre Aqui, quando o assunto era onde comprar eletrônicos nos EUA. Como pode ser visto, a loja conta com uma variedade de produtos, inclusive de fragrâncias.

São perfumes, colônias, rollerballs, spray corporal, loções e óleos perfumados etc. Tudo isso vendido a preços que cabem no seu bolso.l

Loja de variedades que entre seus produtos também comercializa perfumes (Foto: Site Target)

FragranceNet

No final da nossa lista temos o FragranceNet, loja que como o nome já diz é especializada em perfumaria. No site, você pode encontrar ótimos descontos em kits ou produtos individualizados.

Comprar perfumes online nessa loja é sinônimo de economia (Foto: Site FragranceNet)

O que é preciso saber antes de comprar perfume nos Estados Unidos?

Antes de encher o carrinho de compras nos EUA, é preciso entender como funciona as regras da Alfândega na volta ao Brasil. Isso porque, como os perfumes comprados em lojas norte-americanas são baratos, você pode cair na tentação de trazer muitos na viagem de volta.

No entanto, a Alfândega estabelece um limite de compras nos Estados Unidos para que o brasileiro não corra o risco de ser taxado no desembarque. O valor total não deve ultrapassar US$ 500.

Então, se você está pensando em trazer perfumes para revender ou dar de presente, é importante fazer os cálculos antes. Dessa forma você descobre se ainda assim vale a pena comprar fora do Brasil.

Taxas e impostos estadunidenses

Além das regras da Alfândega, é necessário estar por dentro das taxas e impostos que os Estados Unidos possuem em seus produtos. Por exemplo, nas lojas físicas, o preço da prateleira não é o valor final a ser pago.

Compras no cartão de crédito têm um acréscimo de 6,38%. Além disso, cada estado do país norte-americano possui alíquotas diferentes. Orlando, Miami e Nova Iorque, os três principais destinos dos brasileiros nos EUA, possuem respectivamente 6,5%, 7% e 8,875% referentes aos impostos.

Com tudo isso em mente e sabendo onde comprar perfumes nos EUA, você já vai saber se vale a pena encher o carrinho e quais marcas originais saem mais baratas ao serem importadas.

Lojas online para comprar nos EUA

É inegável o quanto a internet facilita nossas vidas. Com apenas alguns cliques conseguimos encher um carrinho de produtos e aguardar a chegada deles em casa. E claro, é assim que acontece com as lojas online para comprar nos EUA.

A gama de produtos que vale a pena comprar nos departamentos norte-americanos é imensa, passando por eletrônicos, celulares, roupas e até suplementos. E o melhor, com preços que cabem no seu bolso.

Pensando em lhe ajudar na busca por esses pontos comerciais, separamos uma lista com 12 lojas dos Estados Unidos. Entre as opções temos os melhores sites e os mais confiáveis.

A seguir você acompanha nossas sugestões divididas por categorias para facilitar sua busca nas compras do exterior.

Lojas online para compras diversas

Amazon

Loja online para quem busca por variedade e preços baixos

Não é novidade para ninguém que a Amazon é a queridinha norte-americana dos brasileiros. Ela é uma espécie de shopping online, vendendo uma variedade de produtos.

Eletrodomésticos, brinquedos, roupas, celulares e computadores são algumas das mercadorias encontradas nesse site.

Walmart

Os preços da Walmart são tentadores

Já falamos da Walmart por aqui, pois não tem como citar lojas norte-americanas com bons preços e pluralidade em ofertas, sem indicar essa rede de lojas.

No site é ainda mais fácil de encontrar o que você procura, pois os produtos estão categorizados em departamentos. Por lá, é possível encontrar de móveis até roupas.

Melhor site para comprar celulares

Apple

A Apple oferece vantagens para os seus clientes antigos

É impossível não citar a Apple quando o assunto é a venda de celulares. Não só pela alta busca por iPhone, mas também porque ela oferece diversos recursos para seus clientes.

Um desses benefícios é o Apple Trade-in, um programa que possibilita a troca de um iPhone de versões antigas por um crédito para uma nova compra. E você pode saber quanto seu celular antigo vale no próprio site.

Comprar roupas e sapatos no exterior

Calvin Klein

Nessa loja você encontra looks mais sofisticados e casuais

Comprar online na Calvin Klein é sinônimo de ganhar descontos com cupons promocionais dados pelo próprio site. Por essa razão, as compras acabam saindo ainda mais baratas.

Hollister

Uma opção perfeita para o público jovem

Enquanto a Calvin Klein garante um look mais sofisticado, a Hollister vem com uma pegada mais jovem e autêntica. Por essas razões, é uma marca que faz o maior sucesso entre os adolescentes.

Adidas

A loja ideal para quem gosta de praticar esportes

Já quem é adepto ao mundo fitness, não pode deixar de visitar o site da Adidas e aproveitar os preços e descontos nos mais diversos produtos. Além dos famosos sapatos, é possível encontrar também roupas apropriadas para a prática de esportes.

Sites de produtos infantis

Carter’s

Na Carter’s você encontra roupas e fantasias infantis

No site da Carter’s você encontra roupas para crianças de todas as idades, vestindo desde recém nascidos até os de 14 anos.

Isso sem falar nas incríveis promoções que o site possui, como um sistema de pontos com as compras, descontos de até 50% em algumas peças e aquele famoso programa de “leve um e ganhe outro”. Demais, não é?!

buybuyBaby

Os estoques dessa loja americana vão de roupas até mobilha para bebês

Agora se o que você está procurando mesmo é um site completo para enxoval de bebê, então o buybuyBaby é perfeito! A variedade de produtos surpreende, são carrinhos de bebê, assentos de carro, mobilha, fraldas, roupas e até utensílios para aumentar a segurança do seu bebê.

Comprando no site, além da comodidade, você pode economizar com as ofertas disponíveis. Mas, se preferir, a loja ainda dispõe de um recurso de reserva online para que o cliente retire o produto na loja!

Compras de remédios e suplementos

Walgreens

Além de produtos farmacêuticos e cosméticos, essa farmácia trabalha com processamento de fotos

Está precisando comprar algum remédio e suplemento ao mesmo tempo? Ou uma vitamina e alguns produtos de beleza e cuidado pessoal? Então você deve acessar sem medo a Walgreens.

Não é a toa que essa farmácia é considerada uma das maiores e mais populares nos Estados Unidos. Para você ter uma noção, ela ainda faz o serviço de livros fotográficos.

Duane Reade

Essa farmácia faz parte da rede de empresas da Walgreens

A farmácia Duane Reade existe desde 1960, mas em 2010 passou a entregar a rede de empresas da Walgreens. Por essa razão, possui praticamente os mesmos serviços da anterior.

Além de vitaminas, produtos nutricionais e cosméticos, bem comuns em farmácias, a Duane também trabalha com cartões comemorativos e processamento de fotos.

Lojas online para comprar eletrônicos

Best Buy

Preços baixos e eletrônicos modernos

Por fim, mas não menos importante, as melhores lojas online para comprar eletrônicos nos Estados Unidos. E a nossa primeira opção é nada mais, nada menos que a Best Buy.

Também já citamos essa rede de lojas aqui no site, mas não há como não citar quem é referência no universo tecnológico. Por isso, você encontra o que há de mais moderno de televisores, celulares, computadores etc.

B&H

Loja específica de produtos para audiovisual

Fechando nossa lista das 12 lojas online para comprar nos EUA, temos a B&H. Esse site é voltado para quem vive e ama fotografia, apesar de vender outros itens eletrônicos.

A loja online é simples e tem todos os produtos categorizados, facilitando o encontro do item que se deseja levar para casa. Além disso, há diversos descontos em algumas mercadorias.

Onde comprar eletrônicos nos EUA?

Vai viajar e quer aproveitar para adquirir um celular, notebook ou uma câmera nova? Então, você precisa saber onde comprar eletrônicos nos EUA, para conseguir boas ofertas e economizar tempo e dinheiro.

Mas, antes de se esbaldar nas compras, leve em consideração três pontos: o sistema de imposto de cada cidade norte-americana, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e as regras da Alfândega .

Por exemplo, alguns produtos podem ser mais baratos em determinada cidade do que em outra, mesmo eles apresentando o mesmo valor. Isso porque, os municípios possuem diferentes impostos sobre compras.

Sem contar que nos Estados Unidos, as compras no cartão de crédito têm um acréscimo de 6,38% no ato do pagamento. E no caso da Alfândega, o limite de compras não deve ultrapassar os US$ 500 (com exceção de produtos para uso pessoal).

Lojas de eletrônicos nos EUA

Best Buy, Apple Store e Walmart são alguns dos melhores lugares para se comprar eletrônicos nos Estados Unidos. Veja detalhes sobre essas e outras lojas do país que valem a pena estar em qualquer roteiro de viagem!

Apple Store tem programas especiais para quem já é cliente (Foto: Site da loja)

Best Buy

Best Buy é quase um shopping de eletrônicos. Nas lojas dessa rede você pode encontrar o melhor de diversos seguimentos, como celulares, televisões, tablets, impressoras etc.

Loja norte-americana destinada à venda de eletrônicos (Foto: Site da loja)

Apple Store

É claro que a Apple Store é uma das melhores lojas para se comprar iPhone barato nos EUA. Além disso, possui um programa de trocas que deixa os preços dos produtos ainda mais baratos.

A mais confiável loja para comprar iPhone nos EUA (Foto: Site da loja)

Walmart

Apesar da variedade ser mais restrita no Walmart, comparando-o ao Best Buy por exemplo, esse departamento dá um grande destaque aos eletrônicos. E busca sempre oferecer as melhores e mais populares marcas.

Walmart está entre as três melhores lojas para comprar eletrônicos (Foto: Site da loja)

Target

Assim como a loja anterior, a Target não é exclusiva dessa categoria, mas é possível encontrar bons preços na sessão “Electronics”. Marcas como Apple, Google, Nintendo, Samsung e Canon são fáceis de encontrar.

Target conta com uma variedade de produtos e marcas (Foto: Site da loja)

Games Stop

Agora se você tem uma listinha de compras envolvendo apenas o universo dos videogames, pode aterrissar na Game Stop, lá é seu lugar! Além de ter sessões reservadas para outros aparelhos como smartphones, tablets, televisões etc.

Departamento indicado para quem ama jogos eletrônicos (Foto: Site da loja)

B&H

Já se a sua área é a fotografia, então a B&H é perfeita para suas necessidades! Nesse departamento, você encontra opções de câmeras, lentes, filmadoras entre outros.

A B&H traz tudo de mais tecnológico e funcional para fotógrafos (Foto: Site da loja)

Sears

Televisões, computadores, tablets, videogames e aparelhos portáteis são os produtos encontrados na Sears, a nossa última indicação de onde comprar eletrônicos nos Estados Unidos.

O custo-benefício dos produtos da Sears faz valer a pena visitá-la (Foto: Site da loja)

Qual o melhor site parar comprar dos EUA?

Não há dúvidas de que os eletrônicos são produtos que valem a pena comprar nos EUA. Mas, nem sempre podemos estar em solos norte-americanos, não sendo possível também a compra em lojas físicas.

No entanto, com toda a tecnologia, não precisamos estar em um determinado país para comprar produtos de suas lojas. No caso dos produtos eletrônicos, você tem o site da Amazon como uma boa opção.

Isso sem levar em consideração os sites das lojas citadas nesse artigo. Então, basta apenas fazer uma rápida busca pelos melhores preços e as baixas taxas de envio para o Brasil (mas, sem esquecer da Alfândega).

Onde comprar iPhone barato nos EUA?

Saber onde comprar iPhone nos EUA é uma maneira de economizar um bom dinheiro na viagem e ainda assim ter em mãos um aparelho completo. De acordo com uma pesquisa feita pela Cuponation, o brasileiro acaba pagando 51% a mais se optar pelas lojas do Brasil.

Por exemplo, a média de preços do iPhone X com 256GB nas lojas brasileiras online é de R$ 6.453, enquanto que o mesmo aparelho nos EUA custa R$ 4.515, no cartão de crédito. E, se comprado a vista, sai ainda mais em conta, por R$ 4.261, revela o estudo.

Portanto, comprar iPhone é mais barato nos Estados Unidos. Mas, antes de efetuar a compra é preciso levar alguns pontos em consideração, como o desbloqueio do aparelho para funcionar com as operadoras brasileiras.

Sendo assim, mesmo que você compre o iPhone 7 plus, o modelo X ou o 8, sempre lembre de pedir ao vendedor por um unlocked phone (desbloqueado), SIM-free (sem vínculo com operadora) ou Full Price (desbloqueado, mas com vínculo à uma operadora).

Onde comprar iPhone nos EUA?

Apple, Walmart e Best Buy são as melhores lojas para se comprar iPhone nos Estados Unidos. Além da credibilidade, elas possuem um preço padronizado, pois a Apple tabela os valores de todos os modelos.

Loja da Apple no The Florida Mall, onde é possível comprar iPhone (Foto: Site da Apple)

A seguir você pode conferir onde encontrar essas lojas em Orlando, cidade cuja taxa de imposto sobre os produtos é de 6,5%, inferior a outras, como Nova Iorque (8,875%) e Miami (7%).

Apple

Em Orlando e proximidades, você pode encontrar lojas da Apple nos seguintes locais:

  • Altamonte Mall: 451 E Altamonte Dr, Altamonte Springs, FL 32701
  • Mall at Millenia: 4200 Conroy Rd, Orlando, FL 3283
  • The Florida Mall: 8001 S Orange Blossom Trail, Orlando, FL 32809.

Walmart

Existem oito departamentos da Walmart só em Orlando e seis deles são 24 horas. Confira o endereço de cada um deles:

  • 2500 S Kirkman Rd ,  Orlando , FL 32811  
  • 5991 S Goldenrod Rd ,  Orlando , FL 32822
  • 8101 S John Young Pkwy, Orlando, FL 32819
  • 8990 Turkey Lake Rd, Orlando, FL 32819
  • 11930 Narcoossee Rd, Orlando, FL 32832
  • 3838 S Semoran Blvd, Orlando, FL 32822
  • 11250 E Colonial Dr ,  Orlando , FL 32817.

Best Buy

São seis unidades da Best Buy em Orlando, veja onde encontrá-las:

  • 4155 Millenia Blvd, Orlando, FL 32839
  • 4601 E Colonial Dr Orlando, FL 32803
  • 8350 S Orange Blossom Trl Orlando, FL 32809
  • 9537 W Colonial Dr, Ocoee, FL 34761
  • 845 N Alafaya Trl Orlando, FL 32828
  • 1620 W Osceola Pkwy Kissimmee, FL 34741.

Modelos e preços

No site da Apple você pode conferir quais são os modelos disponíveis para o país ou região. No caso do Brasil, são eles: iPhone 11, o 11 Pro, o iPhone XR e o 8.

Esses são os modelos disponíveis para os consumidores brasileiros (Foto: Site da Apple)

Fique atento às características de cada um deles a seguir e o preço correspondente. E se algum estabelecimento vender esses mesmos modelos por preços muito inferiores, desconfie da qualidade e originalidade dos produtos.

iPhone 11 Pro

O dispositivo 11 Pro possui um novo sistema de câmera tripla, suporta até 20 horas de reprodução de vídeo e é resistente à água por até 30 minutos. Na Apple, esse celular com 6,5 polegadas está sendo comercializado a partir de US$ 999.

iPhone 11

A partir de US$ 699 você pode comprar um iPhone 11 com câmera dupla, com até 17 horas de reprodução de vídeo, resistente à água com uma profundidade de 2 metros e com tela HD de 6,1 polegadas.

iPhone XR

O sistema de câmera do XR é única, também é resistente à água em uma profundidade de 1 metro. Já a tela possui 6,1 polegadas e suporta até 16 horas de reprodução de vídeo. Na loja oficial da marca é possível comprar um a partir de US$ 599.

iPhone 8

Com US$ 449 no bolso já é possível ter a versão do iPhone 8, o qual pode ser com câmera única ou dupla. A reprodução de vídeo é de até 14 horas, mas também é resistente a 1 metro de profundidade de água. Já a tela é de 4,7 ou 5,5 polegadas.

Dicas de como comprar barato

Como você viu, o iPhone é um dos produtos que ainda vale a pena comprar nos Estados Unidos. Mas, antes de passar o cartão, é preciso estar atento a alguns detalhes!

Avalie as taxas dos EUA

Os estados americanos possuem seu próprio sistema de imposto e o valor referente a essa taxa não está incluso nos preços dos produtos disponíveis na prateleira.

Por essa razão, é importante fazer o cálculo antes de comprar para saber o real valor do produto que se deseja.

Leve em consideração a forma de pagamento

Além das taxas dos estados, o produto que for comprado no cartão de crédito também recebe um acréscimo referente ao Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Nos Estados Unidos, esse valor é de 6,38% que deve ser somado ao preço do produto. Vale ressaltar que compras a vista não recebem esse acréscimo.

Aproveite o programa Apple Trade-in

Você sabia que na Apple você pode trocar o seu iPhone antigo por créditos em novas compras? Esse sistema faz parte do programa Apple Trade-in, mas a troca só vale para celulares a partir do modelo 6s.

Valores correspondentes aos iPhones usados no programa da Apple (Foto: Site da Apple)

Fique de olho nas regras da Alfândega

Ao fazer a viagem de volta para o Brasil, você deve apresentar os bens adquiridos para a Alfândega. Cada passageiro tem um limite de até US$ 500 para os produtos comprados fora do país. Se esse valor for excedido, é necessário declarar os bens.

No entanto, um celular comprado na viagem não entra nessa cota caso ele já esteja fora da caixa e seja o único aparelho telefônico na bagagem. Ou seja, se você quer comprar um iPhone nos EUA, mas não quer ser taxado, deixe o seu celular no Brasil.

Certifique-se da garantia Apple no Brasil

Por fim, é importante saber se a Apple no Brasil cobre a garantia dos iPhones comprados nos EUA. Mas, de uma maneria geral, os modelos homologados pela Anatel entram nessa proteção, como é o caso dos que foram citados nesse texto (iPhone 11, o 11 Pro, o iPhone XR e o 8).

O que vale a pena comprar nos EUA?

Vai para os Estados Unidos e quer se esbaldar nas compras? Então, é importante saber o que ainda vale a pena comprar nos EUA e já se programar para usar o cartão de crédito/débito sem voltar para o Brasil no prejuízo.

Seja um enxoval para bebê, maquiagem ou até mesmo lembrancinhas para o casamento, as compras nas lojas norte-americanas devem ser feitas de forma bem pensada. Além de saber se o dólar está alto ou baixo, é necessário ter em mente o que sai barato adquirir fora do país.

Outro ponto importante é a taxa adicional que os produtos estadunidenses possuem no ato do pagamento. Isso porque, as vezes nos deparamos com um valor considerado baixo nas prateleiras, mas podemos nos surpreender com o custo dos impostos, principalmente se você for usar cartões de crédito.

Por fim, mais um adentro nesse assunto: a escolha das cidades para as compras! Alguns escolhem como destino Miami, outros preferem Orlando, mas há quem opte pela glamorosa Nova Iorque. E você, qual será a sua preferida? Acompanhe esse artigo e descubra!

O que comprar nos Estados Unidos?

Confira nossa lista com 10 itens que se comprados nos EUA vão fazer você economizar um bom dinheiro!

Para saber o que deve ser comprado, é importante calcular em casa os valores das alíquotas de cada cidade estadunidense (Foto: Pixabay)

Enxoval para bebê

Cadeirinha, carro de bebê, babá eletrônica e muitas roupinhas. Tudo isso você encontra nos Estados Unidos a um preço bem menor, se comparado às lojas brasileiras.

Então, vale a pena investir uma parte da viagem e colocar no carrinho tudo o que ainda falta no enxoval. Lojas como OshKosh, The Children’s Place e Carter’s são boas opções nesse seguimento.

Roupas e utensílios para bebê costumam ser mais baratos nos Estados Unidos (Foto: Pixabay)

Eletrônicos

Já quem quer investir uma grana nos eletrônicos, tem as lojas estadunidenses como paraíso! Isso porque, os preços de celulares, notebook, videogames, tabletes e até peças de computador possuem um ótimo custo-benefício.

Nesse caso, vale apostar em departamentos como a própria Apple e Walmart. Outra dica é a Best Buy, a qual conta com descontos especiais e uma variedade de produtos como celulares, câmeras fotográficas, televisores, fones de ouvido etc.

Celulares, computadores e até câmeras fotográficas entram na lista (Foto: Pixabay)

Suplementos

Parece até mentira, mas até mesmo os produtos farmacêuticos são mais baratos nos Estados Unidos. Sabe aquelas cápsulas de vitamina C que servem de suplemento ou até mesmo o Whey Protein para fortalecer o treinamento? Então, esses e outros produtos são comercializados a “preço de banana” nas lojas norte-americanas.

Ainda não acredita? Para comprovar, basta dá uma olhada na tabela de preços das ofertas do Walmart, mas não o do Brasil, claro. Por lá você já pode te uma noção do quão econômica vai ficar sua farmácia em casa.

Vitaminas e até Whey Protein são mais econômicos nas lojas americanas (Foto: Pixabay)

Maquiagem

Os produtos relacionados à beleza também entram na nossa lista e olhe que estamos falando de grandes marcas desse segmento, como Maybelline, L’Oreal Paris e MAC. Esses e outros nomes importantes no universo da maquiagem podem ser encontrados em farmácias, grandes redes de supermercado, shoppings etc.

Os utensílios para fazer maquiagem também são mais baratos fora do Brasil (Foto: Pixabay)

Roupas

Assim como podemos encontrar lojas especializadas em enxoval para bebês, também podemos nos surpreender com promoções para peças adultas! A Walmart é um exemplo de estabelecimento onde você vai encontrar roupas para toda a sua família.

Além desta, Burlington, Ross Stores e T.J. Maxx são exemplos do que vale a pena ser visitado nos Estados Unidos no momento das compras. Sem contar nas marcas da Calvin Klein e Tommy.

Os Estados Unidos têm os melhores preços para roupas (Foto: Pixabay)

Calçados

Não é novidade para ninguém que os calçados nos EUA costumam ser bem baratos. Mas essa fama não nasceu do dia para noite, até porque o país é berço de marcas famosas nesse seguimento como Nike e Reebok. A Adidas e Puma, apesar da nacionalidade alemã, são fortes opções para os estadunidenses e para os turistas.

Entre as opções há femininas e masculinas (Foto: Pixabay)

Brinquedos

E quem resiste aos mimos para as crianças? Tanto as que estão na viagem como as que acabaram ficando no Brasil podem ganhar presentes divertidos e que não vão pesar no bolso dos adultos. Para fazer boas escolhas, procure visitar estabelecimentos como o próprio Walmart , e também a Amazon.

As crianças também podem se divertir nas lojas de brinquedos (Foto: Pixabay)

Bebidas

Uma das maiores lojas de bebidas nos Estados Unidos é a BevMo!, e lá você encontra uma variedade de bebidas que vai fazer você ficar na dúvida sobre qual levar. Entre as opções ofertadas no estoque da loja você vai poder encontrar Jack Daniel’s, Black Label, Red Label, Corona e mais uma infinidade de cerveja, uísque, tequila etc.

Há bebidas para todos os gostos (Foto: Pixabay)

Cosméticos

Produtos para a pele e para os cabelos também são achadinhos nas lojas estadunidenses. São hidratantes, sabonetes e shampoos de muitas marcas famosas nesse seguimento. Por exemplo, você encontra Clinique, Aveeno, La Roche-Posay e outros.

Você pode encontrar uma infinidade de produtos para pele e cabelos (Foto: Pixabay)

Cama, mesa e banho

Por fim, mais um item que não poderia faltar na nossa lista e nem na sua: os produtos para cama, mesa e banho. Toalhas de excelente qualidade, edredons e até mesmo jogos de pratos podem compor suas compras de viagem. Uma dica de loja para encontrar tudo isso é a Walmart.

Vale a pena comprar toalhas nas lojas estadunidenses (Foto: Pixabay)

Orlando, Miami ou Nova Iorque: onde comprar?

Orlando não é só Disney. Miami não é só praia. E Nova Iorque não é só o “agito” noturno. Todas essas cidades estadunidenses também são conhecidas por outras atrações para os turistas e entre elas estão os grandes outlets. Mas e você, já sabe para qual ir?

Todas as três são conhecidas por abrigarem importantes pontos de comércio. Em Nova Iorque (NY, sigla em inglês), por exemplo, tem a Times Square que abriga um conglomerado de lojas com famosas marcas internacionais. Isso tudo sem falar nos diversos shoppings que esta cidade oferece.

No entanto, você deve escolher a cidade de acordo com sua rota de viagem. Miami e Orlando ficam próximas, então você pode aproveitar um pouco do comércio de cada uma. Já a megalópole norte-americana fica um pouco distante dessas duas, por isso é interessante ser explorada individualmente.

Além disso, é preciso estar atento às alíquotas de cada cidade, valor do imposto que deve ser acrescido em cada produto comercializado. NY detém o mais alto imposto, totalizando 8,875%. Miami, por sua vez, tem 7%. Já Orlando possui a menor taxa dessas três, com 6,5%.

As lojas de Nova Iorque possuem impostos de 8,875% em cada produto (Foto: Pixabay)

Dicas sobre compras nos EUA

  • Cota de compras para entrar Brasil: as compras feitas nos Estados Unidos não devem ultrapassar US$ 500. Caso isso aconteça, é preciso declarar na alfândega os produtos que excedem esse valor. Não entram nessa cota aparelho de celular, câmera fotográfica e relógio, sendo uma unidade de cada
  • Formas de pagamento: nos EUA as compras no cartão de crédito têm um acréscimo de 6,38% , por isso ele deve ser somado ao valor do produto, além das alíquotas de cada cidade como vimos no tópico anterior
  • Planeje antes de comprar: depois de todas essas informações, é importante fazer um planejamento sobre o que vai ser comprado ou não. Priorize suas compras, avalie os preços no Brasil e nos Estados Unidos e veja se vai valer a pena comprar mesmo com todas as taxas. Mas claro, faça isso ainda em casa, para que na viagem você possa aproveitar cada minuto e não precise lidar com surpresas indesejadas.